santidade.net

«sede perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celeste» (Mt 5,48)

Pai Nosso
Sinal da Cruz
Glória ao Pai
Simbolo dos Apóstolos
Credo Niceno-Constantinopolitano
Avé Maria
Ao Anjo da Guarda
Pelos defuntos
Angelus
Rainha do Céu
Salvé Rainha
Acto de Fé
Acto de Esperança
Acto de Caridade
Acto de Contrição
Magnificat
Sob a Tua Protecção
Benedictus
Te Deum
Veni Creator Spiritus
Veni, Sancte Spiritus
Consagração a Nossa Senhora
Oração a São José de São Francisco de Sales
Oração a São Miguel
Oração de São Bernardo
Terço da Misericórdia
Novena da Divina Misericórdia
Responso de Santo António
Oração de São Francisco
Oração da Cruz de São Bento
Oração pela Vida
Coroa Angélica ou Terço de São Miguel Arcanjo
Consagração ao Coração Imaculado de Maria segundo São Luís Maria
Oração do Abandono - Beato Charles de Foucauld
Orações de Santo Inácio de Loyola
Mistérios do Rosário
As crianças rezam o Rosário com os Pastorinhos
Oração de Libertação (Oración de Liberación) (Preghiera di Liberazione) (Deliverance Prayer)
Oração de Cura
Oração por Portugal

Pai Nosso

Pai Nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome, venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dais hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido e não nos deixeis cair em tentação mas livrai-nos do mal. Ámen.

Sinal da Cruz

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Ámen.

Glória ao Pai

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era, no princípio, agora e sempre. Ámen.

Símbolo dos Apóstolos

Creio em Deus, Pai todo-poderoso, Criador do Céu e da Terra. E em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria; padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos Céus; está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, de onde há-de vir a julgar os vivos e os mortos.Creio no Espírito Santo; na santa Igreja Católica; na comunhão dos Santos; na remissão dos pecados; na ressurreição da carne; e na vida eterna. Ámen.

Credo Niceno-Constantinopolitano

Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso Criador do Céu e da Terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, luz da luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós homens e para nossa salvação desceu dos Céus. E encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria, e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras; e subiu aos Céus, onde está sentado à direita do Pai. De novo há-de vir em sua glória para julgar os vivos e os mortos; e o seu Reino não terá fim. Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos profetas. Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só Baptismo para a remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos e a vida do mundo que há-de vir. Ámen.

Avé Maria

Avé Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Ámen

Ao Anjo da Guarda

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, pois que a ti me confiou a Piedade divina, hoje e sempre me governa, rege, guarda e ilumina. Ámen.

Pelos defuntos

Dai-lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua. Descansem em paz. Ámen.

Angelus

V. O Anjo do Senhor anunciou a Maria
R. E Ela concebeu pelo Espírito Santo
Avé Maria...

V. Eis a escrava do Senhor.
R. Faça-se em mim, segundo a Vossa palavra.
Avé Maria...

V. E o Verbo Divino encarnou.
R. E habitou entre nós.
Avé Maria...

V. Rogai por nós, santa Mãe de Deus.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo

Oremos: Infundi, Senhor, a vossa graça, em nossas almas, para que nós, que, pela anunciação do Anjo, conhecemos a encarnação de Cristo, vosso Filho, pela sua paixão e morte na cruz, sejamos conduzidos à glória da Ressurreição. Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Ámen.

Rainha do Céu

Rainha dos céus, alegrai-vos. Aleluia!
Porque Aquele que merecestes trazer em vosso seio. Aleluia!
Ressuscitou como disse. Aleluia!
Rogai por nós a Deus. Aleluia!
V. Alegrai-vos e exultai, ó Virgem Maria. Aleluia!
R. Porque o Senhor ressuscitou, verdadeiramente. Aleluia!

Oremos: Ó Deus, que enchestes o mundo de alegria com a ressurreição do Vosso Filho, nosso Senhor Jesus Cristo, concedei, nós vo-lo pedimos, que pela intercessão da Virgem Maria, Sua Mãe, alcancemos as alegrias da vida eterna. Por Cristo, Senhor nosso.

Salvé Rainha

Salvé, Rainha, mãe de misericórdia, vida, doçura, esperança nossa, salve! A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva. A Vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois, advogada nossa, esses Vossos olhos misericordiosos a nós volvei. E, depois deste desterro,
nos mostrai Jesus, bendito fruto do Vosso ventre. Ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Maria. Rogai por nós, Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Acto de Fé

Meu Deus, eu creio tudo o que Vós revelastes e a Santa Igreja nos ensina, porque não podeis enganar-Vos nem enganar-nos. E, expressamente, creio em Vós, único e verdadeiro Deus em três pessoas iguais e distintas: Pai, Filho e Espírito Santo; e creio em Jesus Cristo, Filho de Deus encarnado, morto e ressuscitado por nós, e que a cada um dará, segundo as suas obras, o prémio ou o castigo eterno. Nesta fé quero viver e morrer. Senhor, aumentai a minha fé. Ámen.

Acto de Esperança

Meu Deus, porque sois omnipotente, infinitamente misericordioso e fidelíssimo às Vossas promessas, eu espero da Vossa bondade que, em atenção aos méritos de Jesus Cristo, nosso Salvador, me dareis a vida eterna e as graças necessárias para a alcançar, como prometestes aos que praticassem as boas obras, que eu me proponho realizar ajudado com o auxílio da Vossa divina graça. Senhor, minha esperança, na qual quero viver e morrer: jamais serei confundido. Ámen.

Acto de Caridade

Meu Deus, porque sois infinitamente bom e digno de ser amado sobre todas as coisas, eu Vos amo de todo o meu coração, a exemplo de Jesus; e, por Vosso amor, amo também o meu próximo como a mim mesmo. Senhor, fazei que eu Vos ame cada vez mais. Ámen.

Acto de Contrição

Meu Deus, porque sois infinitamente bom e Vos amo de todo o meu coração, pesa-me de Vos ter ofendido e, com o auxílio da Vossa divina graça, proponho firmemente emendar-me e nunca mais Vos tornar a ofender. Peço e espero o perdão das minhas culpas pela Vossa infinita misericórdia. Ámen.

Magnificat

A minha alma glorifica ao Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador. Porque pôs os olhos na humildade da sua serva: de hoje em diante me chamarão bem-aventurada todas as gerações. O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: Santo é o seu nome. A sua misericórdia se estende de geração em geração sobre aqueles que O temem. Manifestou o poder do seu braço
e dispersou os soberbos. Derrubou os poderosos de seus tronos e exaltou os humildes. Aos famintos encheu de bens e aos ricos despediu de mãos vazias. Acolheu Israel seu servo, lembrado da sua misericórdia, como tinha prometido a nossos pais, a Abraão e à sua descendência para sempre. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.

Sob a Tua Protecção

À Vossa protecção, recorremos, Santa Mãe de Deus; não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades; mas livrai-nos de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita.

Benedictus

Bendito o Senhor Deus de Israel que visitou e redimiu o seu povo, e nos deu um Salvador poderoso
na casa de David, seu servo, conforme prometeu pela boca dos seus santos, os profetas dos tempos antigos, para nos libertar dos nossos inimigos, e das mãos daqueles que nos odeiam. Para mostrar a sua misericórdia a favor dos nossos pais, recordando a sua sagrada aliança, e o juramento que fizera a Abraão, nosso pai, que nos havia de conceder esta graça: de O servirmos um dia, sem temor, livres das mãos dos nossos inimigos, em santidade e justiça, na sua presença, todos os dias da nossa vida. E tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo, porque irás à sua frente a preparar os seus caminhos, para dar a conhecer ao seu povo a salvação pela remissão dos seus pecados, graças ao coração misericordioso do nosso Deus, que das alturas nos visita como sol nascente, para iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte e dirigir os nossos passos no caminho da paz. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.

Te Deum

Nós Vos louvamos, ó Deus,
nós Vos bendizemos, Senhor.
Toda a terra Vos adora,
Pai eterno e omnipotente.
Os Anjos, os Céus
e todas as Potestades,
os Querubins e os Serafins
Vos aclamam sem cessar:
Santo, Santo, Santo,
Senhor Deus do Universo,
o céu e a terra proclamam a vossa glória.
O coro glorioso dos Apóstolos,
a falange venerável dos Profetas,
o exército resplandecente dos Mártires
cantam os vossos louvores.
A santa Igreja anuncia por toda a terra
a glória do vosso nome:
Deus de infinita majestade,
Pai, Filho e Espírito Santo.
Senhor Jesus Cristo, Rei da glória,
Filho do Eterno Pai,
para salvar o homem, tomastes
a condição humana no seio da Virgem Maria.
Vós despedaçastes as cadeias da morte
e abristes as portas do céu.
Vós estais sentado à direita de Deus,
na glória do Pai,
e de novo haveis de vir para julgar
os vivos e os mortos.
Socorrei os vossos servos, Senhor,
que remistes com vosso Sangue precioso;
e recebei-os na luz da glória,
na assembleia dos vossos Santos.
Salvai o vosso povo, Senhor,
e abençoai a vossa herança;
sede o seu pastor e guia através dos tempos
e conduzi-o às fontes da vida eterna.
Nós Vos bendiremos todos os dias da nossa vida
e louvaremos para sempre o vosso nome.
Dignai-Vos, Senhor, neste dia, livrar-nos do pecado.
Tende piedade de nós,
Senhor, tende piedade de nós.
Desça sobre nós a vossa misericórdia,
Porque em Vós esperamos.
Em Vós espero, meu Deus,
não serei confundido eternamente.

Veni Creator Spiritus

Vem, ó Espírito Santo,
E da tua luz celeste
Soltando raios piedosos
Nossos ânimos reveste.

Pai carinhoso dos pobres.
Distribuidor da riqueza,
Vem, ó luz dos corações,
Amparar a natureza.

Vem, Consolador supremo,
Das almas hóspede amável,
Suavíssimo refrigério
Do mortal insaciável.

És no trabalho descanso,
Refresco na calma ardente;
És no pranto doce alívio
De um ânimo penitente.

Suave origem do bem,
Ó fonte da luz divina,
Enche nossos corações,
Nossas almas ilumina.

Sem o teu celeste influxo,
No mortal nada há perfeito;
A tudo quanto é nocivo
Está o homem sujeito.

Lava o que nele há de impuro,
Quanto há de árido humedece;
Sara-lhe quanto é moléstia,
Quanto na vida padece.

O que há de dureza abranda,
O que há de mais frio aquece;
Endireita o desvairado
Que o caminho desconhece.

Os sete dons com que alentas
Os que humildes te confessam,
Aos teus devotos concede
Sempre fiéis to mereçam.

Por virtudes merecidas,
Dá-lhes fim que leve aos Céus;
Dá-lhes eternas delícias
Que aos bons prometes, meu Deus.

Veni, Sancte Spiritus

Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor.

V. Enviai, Senhor, o vosso Espírito e tudo será criado.
R. E renovareis a face da terra

Oremos:Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos rectamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo Senhor nosso. Ámen.

Consagração a Nossa Senhora

Ó Senhora minha, ó minha Mãe, eu me ofereço todo a Vós, e, em prova da minha devoção para convosco, Vos consagro, neste dia e para sempre, os meus olhos, os meus ouvidos, a minha boca, o meu coração e inteiramente todo o meu ser; e porque assim sou todo vosso, ó incomparável Mãe, guardai-me e defendei-me como coisa e propriedade vossa. Lembrai-Vos que Vos pertenço, terna Mãe, Senhora nossa. Ah! Guardai-me e defendei-me como coisa própria vossa.

Oração a São José de São Francisco de Sales

Glorioso São José, esposo de Maria concede-nos a tua protecção paternal, nós te suplicamos pelo Coração de Jesus e pelo Coração Imaculado de Maria. Tu cujo poder se estende a todas as nossas necessidades e sabes tornar possíveis as coisas impossíveis, abre os teus olhos de pai pelos interesses dos teus filhos. Nas dificuldades e sofrimentos que nos esmagam, recorremos a ti com confiança. Digna-te a tomar sob a tua conduta caridosa este assunto importante e difícil, causa da nossa inquietação...(mencionar a necessidade). Faz com que a feliz resolução seja para a melhor glória de Deus e para o bem dos seus fieis servidores. Ó tu amável São José, que nunca em vão invocamos, tu cujo crédito é tão poderoso junto de Deus que até se pode dizer: «No Céu, São José manda mais do que suplica», terno pai, reza por nós a Jesus, reza por nós a Maria. Sê nosso advogado junto deste Divino Filho do qual tu foste aqui em baixo o pai adoptivo tão atento, tão amável e protector fiel. Sê nosso advogado junto de Maria, da qual foste esposo amantíssimo e tão ternamente amado. Acrescenta a todas as tuas glórias a de ganhar a causa difícil que nós te confiamos. Nós cremos, sim, nós cremos que podes satisfazer os nossos desejos livrando-nos das tristezas que nos abatem e das amarguras que assolam a nossa alma. Além disso temos a confiança firme que nada negligenciarás em favor dos aflitos que te imploram. Humildemente prostrados a teus pés, bom São José, nós te suplicamos, tem piedade dos nossos gemidos e das nossas lágrimas. Cobre-nos com o manto das tuas misericórdias e abençoa-nos. Ámen.

Oração a São Miguel

São Miguel Arcanjo, defendei-nos neste combate, sede o nosso auxílio contra as maldades e as ciladas do demónio. Instante e humildemente vos pedimos que Deus sobre ele impere. E vós, Príncipe da Milícia Celeste, com esse poder divino, precipitai no inferno a satanás e aos outros espíritos malignos que vagueiam pelo mundo para perdição das almas. Ámen.

Oração de São Bernardo

Lembrai-Vos, ó piíssima Virgem Maria, que nunca se ouviu dizer, que algum daqueles que têm recorrido à vossa protecção, implorado a vossa assistência e reclamado o vosso socorro, fosse por Vós desamparado. Animado eu, pois com igual confiança, a Vós, ó Virgem entre todas singular, como a Mãe recorro; de Vós me valho; e gemendo sob o peso dos meus pecados, me prostro a vossos pés. Não desprezeis as minhas súplicas, ó Mãe do Filho de Deus humanado, mas dignai-Vos de as ouvir propícia e de me alcançar o que Vos rogo. Ámen.

Terço da Misericórdia (pdf)

Pai Nosso...
Ave Maria...
Credo...

nas contas maiores:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso muito amado Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e de todo o mundo.

nas contas menores:
Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e de todo o mundo.

conclua rezando três vezes:
Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e de todo o mundo.

e se quiser no fim pode acrescentar:
Ó Sangue e Água que brotastes do Coração de Jesus, como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós.

Novena da Divina Misericórdia

"Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas, e as mergulharás no oceano da minha Misericórdia. Eu conduzirei todas as almas à casa do meu Pai... Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da minha Misericórdia. Cada dia pedirás a meu Pai, pela minha amarga Paixão, graças para essas almas." A Novena é rezada junto com o Terço da Divina Misericórdia.

Primeiro dia

Hoje traz-Me a humanidade inteira, especialmente todos os pecadores e mergulha-os no oceano da minha Misericórdia. Com isso Me consolarás na amarga tristeza em que Me afunda a perda das almas.

Misericordiosíssimo Jesus, de quem é próprio ter compaixão de nós e nos perdoar, não olheis os nossos pecados, mas a confiança que depositamos em Vossa infinita bondade. Acolhei-nos na mansão do vosso compassivo Coração e nunca nos deixeis sair dele. Nós vo-lo pedimos pelo amor que Vos une ao Pai e ao Espírito Santo.

Eterno Pai, olhai com misericórdia para toda humanidade, encerrada no Coração compassivo de Jesus, mas especialmente para os pobres pecadores. Pela Sua dolorosa Paixão, mostrai-nos a Vossa Misericórdia, para que glorifiquemos a onipotência da Vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Segundo dia

Hoje traz-Me as almas dos sacerdotes e religiosos e mergulha-as na minha insondável Misericórdia. Elas Me deram força para suportar a amarga Paixão. Por elas, como por canais, corre para a humanidade a minha Misericórdia.

Misericordiosíssimo Jesus, de quem provém tudo que é bom, aumentai em nós a graça, para que pratiquemos dignas obras de misericórdia, a fim de que aqueles que olham para nós, glorifiquem o Pai da Misericórdia que está no Céu.

Eterno Pai, dirigi o olhar da vossa Misericórdia para a porção eleita da vossa vinha: para as almas dos sacerdotes e religiosos. Concedei-lhes o poder da vossa bênção e, pelos sentimentos do Coração de vosso Filho, no qual estão encerradas, dai-lhes a força da vossa luz, para que possam guiar os outros nos caminhos da salvação e juntamente com eles cantar a glória da vossa insondável Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Terceiro dia

Hoje traz-Me todas as almas piedosas e fiéis e mergulha-as no oceano da minha Misericórdia. Estas almas consolaram-Me na Via-sacra; foram aquela gota de consolações em meio ao mar de amarguras.

Misericordiosíssimo Jesus, que concedeis prodigamente a todas as graças do tesouro da vossa Misericórdia, acolhei-nos na mansão do vosso compassivo Coração e não nos deixeis sair dele pelos séculos; suplicamo-Vos pelo amor inconcebível de que está inflamado o vosso Coração para com o Pai Celestial.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas fiéis, como a herança do vosso Filho. Pela sua dolorosa Paixão concedei-lhes a vossa bênção e cercai-as da vossa incessante protecção, para que não percam o amor e o tesouro da santa fé, mas com toda a multidão dos Anjos e dos Santos glorifiquem a vossa imensa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Quarto dia

Hoje traz-Me os pagãos e aqueles que ainda não Me conhecem e nos quais pensei na minha amarga Paixão. O seu futuro zelo consolou o meu Coração. Mergulha-os no mar da minha Misericórdia.

Misericordiosíssimo Jesus, que sois a luz de todo o mundo, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas dos pagãos que ainda não Vos conhecem. Que os raios da vossa graça os iluminem para que também eles, juntamente conosco, glorifiquem as maravilhas da vossa Misericórdia e não os deixeis sair da mansão do vosso compassivo Coração.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas dos pagãos e daqueles que ainda não Vos conhecem e que estão encerrados no Coração compassivo de Jesus. Atraí-as à luz do Evangelho. Essas almas não sabem que grande felicidade é amar-Vos. Fazei com que também elas glorifiquem a riqueza da vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Quinto dia

Hoje traz-Me as almas dos Cristãos separados da Unidade da Igreja e mergulha-as no mar da minha Misericórdia. Na minha amarga Paixão dilaceravam o meu Corpo e o meu Coração, isto é, a minha Igreja. Quando voltam à unidade da Igreja, cicatrizam-se as minhas Chagas e dessa maneira eles aliviam a minha Paixão.

Misericordiosíssimo Jesus que sois a própria Bondade, Vós não negais a luz àqueles que Vos pedem, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas dos nossos irmãos separados, e atraí-os pela vossa luz à unidade da Igreja e não os deixeis sair da mansão do vosso compassivo Coração, mas fazei com que também eles glorifiquem a riqueza da vossa Misericórdia.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas dos nossos irmãos separados que esbanjaram os vossos bens e abusaram das vossas graças, permanecendo teimosamente nos seus erros. Não olheis para os seus erros, mas para o amor do vosso Filho e para a sua amarga Paixão, que suportou por eles, pois também eles estão encerrados no Coração compassivo de Jesus. Fazei com que também eles glorifiquem a vossa Misericórdia por toda a eternidade. Amém.

Sexto dia

Hoje traz-Me as almas mansas, assim como as almas das criancinhas, e mergulha-as na minha Misericórdia. Estas almas são as mais semelhantes ao meu Coração. Elas reconfortaram-Me na minha amarga Paixão da minha agonia. Eu as vi quais anjos terrestres que futuramente iriam velar junto aos meus altares. Sobre elas derramo torrentes de graças. Só a alma humilde é capaz de aceitar a minha graça; às almas humildes favoreço com a minha confiança.

Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes: "Aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração", aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas mansas e humildes e as almas das criancinhas. Estas almas encantam o Céu todo e são a especial predilecção do Pai Celestial, são como um ramalhete diante do trono de Deus, com cujo perfume o próprio Deus se deleita. Estas almas têm a mansão permanente no Coração compassivo de Jesus e cantam sem cessar um hino de amor e misericórdia pelos séculos.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas mansas e humildes e para as almas das criancinhas, que estão encerradas na mansão compassiva do Coração de Jesus. Estas almas são as mais semelhantes a vosso Filho; o perfume destas almas eleva-se da Terra e alcança o vosso trono. Pai de Misericórdia e de toda bondade, suplico-Vos pelo amor e predilecção que tendes para com estas almas, abençoai o mundo todo, para que todas as almas cantem juntamente a glória à vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Sétimo dia

Hoje traz-Me as almas que veneram e glorificam de maneira especial a minha Misericórdia e mergulha-as na minha Misericórdia. Estas almas foram as que mais sofreram por causa da minha Paixão e penetraram mais profundamente no meu espírito. Elas são a imagem viva do meu Coração compassivo. Estas almas brilharão com especial fulgor na vida futura. Nenhuma delas irá ao fogo do Inferno; defenderei cada uma delas de maneira especial na hora da morte.

Misericordiosíssimo Jesus, cujo Coração é o próprio amor, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas que honram a glorificam de maneira especial a grandeza da vossa Misericórdia. Estas almas tornadas poderosas pela força do próprio Deus, avançam entre penas e adversidades, confiando na vossa Misericórdia. Estas almas estão unidas com Jesus e carregam sobre os seus ombros a humanidade toda. Elas não serão julgadas severamente, mas a vossa Misericórdia as envolverá no momento da morte.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que glorificam e honram o vosso maior atributo, isto é, a vossa inescrutável Misericórdia; elas estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Estas almas são o Evangelho vivo e as suas mãos estão cheias de obras de misericórdia; suas almas repletas de alegria cantam um hino de misericórdia ao Altíssimo. Suplico-Vos, ó Deus, mostrai-lhes a vossa Misericórdia segundo a esperança e confiança que em Vós colocaram. Que se cumpra nelas a promessa de Jesus, que disse: "As almas que veneram a minha insondável Misericórdia, Eu mesmo as defenderei durante a vida, especialmente na hora da morte, como minha glória." Amém.

Oitavo dia

Hoje traz-Me as almas que se encontram na prisão do Purgatório e mergulha-as no abismo da minha Misericórdia; que as torrentes do meu Sangue refresquem o seu ardor. Todas estas almas são muito amadas por Mim, pagam as dívidas à minha Justiça. Está em teu alcance trazer-lhes alívio. Tira do tesouro da minha Igreja todas as indulgências e oferece-as por elas. Oh, se conhecesses o seu tormento, incessantemente oferecerias por elas a esmolas do espírito e pagarias as suas dívidas à minha Justiça.

Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes que quereis misericórdia, eis que estou trazendo à mansão do vosso compassivo Coração as almas do Purgatório, almas que Vos são muito queridas e que no entanto devem dar reparação à vossa Justiça; que as torrentes de Sangue e Água que brotaram do vosso Coração apaguem as chamas do fogo do Purgatório, para que também ali seja glorificado o poder da vossa Misericórdia.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que sofrem no Purgatório e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Suplico-Vos que, pela dolorosa Paixão de Jesus, vosso Filho, e por toda a amargura de que estava inundada a sua Alma santíssima, mostreis vossa Misericórdia às almas que se encontram sob o olhar da vossa Justiça; não olheis para elas de outra forma senão através das Chagas de Jesus, vosso Filho muito amado, porque nós cremos que a vossa bondade e Misericórdia são incomensuráveis. Amém.

Nono dia

Hoje traz-Me as almas tíbias e mergulha-as no abismo da minha Misericórdia. Estas almas ferem mais dolorosamente o meu Coração. Foi da alma tíbia que a minha Alma sentiu repugnância no Horto. Elas levaram-Me a dizer: Pai afasta de Mim este cálice, se assim for a vossa vontade. Para elas, a última tábua de salvação é recorrer a minha Misericórdia.

Ó compassivo Jesus, que sois a própria Compaixão, trago à mansão do vosso compassivo Coração as almas tíbias; que se aqueçam no fogo do vosso amor puro estas almas geladas, que, semelhantes a cadáveres, Vos enchem de tanta repugnância. Ó Jesus, muito compassivo, usai a omnipotência da vossa Misericórdia e atraí-as até ao fogo do vosso amor e concedei-lhes o amor santo, porque Vós tudo podeis.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas tíbias e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Pai de Misericórdia, suplico-Vos pela amargura da Paixão do vosso Filho e por sua agonia de três horas na Cruz, permiti que também elas glorifiquem o abismo da vossa Misericórdia... Amém.

Responso de Santo António

Se milagres desejais
Recorrei a Santo António;
Vereis fugir o demónio
E as tentações infernais.

Pela sua intercessão
Foge a peste, o erro, a morte;
O fraco torna-se forte
E torna-se o enfermo são.

Recupera-se o perdido
Rompe-se a dura prisão;
E, no auge do furacão,
Sede o mar embravecido.

Todos os males humanos
Se moderam, se retiram;
Digam-no os que viram;
Digam-no os paduanos.

V. Rogai por nós, bem-aventurado Santo António.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oração: Deus eterno e todo-poderoso, que destes ao vosso povo em Santo António de Lisboa um pregador insigne do Evangelho e um poderoso intercessor nas suas necessidades, concedei que pelo seu auxílio, sigamos fielmente os princípios da vida cristã para merecermos a vossa protecção em todas as necessidades. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. Ámen.

Oração de São Francisco

Senhor, fazei de mim um instrumento da vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, fazei que eu procure mais:
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe.
É perdoando que se é perdoado.
E é morrendo que se vive para a vida eterna.

Oração da Cruz de São Bento

C.S.P.B.: Crux Sancti Patris Benedicti
Cruz do Santo Patriarca Bento

C.S.S.M.L.: Cruz Sancta Sit Mihi Lux
a Cruz Santa seja a minha Luz

N.D.S.M.D.: Non Draco Sit Mihi Dux.
que o Dragão não seja meu Senhor.

V.R.S.: Vade Retro Satana!
Retira-te, Satanás!

N.S.M.V.: Numquam Suades Mihi Vana!
Não me aconselhes loucuras!

S.M.Q.L.: Sunt Mala Quæ Libas
São maldades o que me apresentas

I.V.B.: Ipse Venena Bibas.
tu mesmo bebe esses venenos.

Oração pela Vida

V. Vós formastes as entranhas do meu corpo e me criastes no seio de minha mãe.
R. Eu Vos dou graças por me haverdes feito tão maravilhosamente.

Pai Nosso

V. Desde o seio materno sois o meu Deus.
R. Desde o ventre materno sois o meu protector. Em Vós está a minha esperança.

Ave Maria

V. Não morrerei, mas hei-de viver.
R. Para anunciar as obras do Senhor.

Glória

Oração: Pai Santo, Amor Criador, Senhor da vida, Deus providente e todo-poderoso: desde toda a eternidade quisestes o ser e a vida de cada um de nós, e enviastes o vosso Filho ao mundo a fim de que tenhamos a Vida e a tenhamos em abundância. Dai-nos o vosso Espírito vivificante para que, sempre, em qualquer circunstância e sem excepção alguma, defendamos, amemos e sirvamos a vida, dignidade, direitos e integridade de cada ser humano ― desejado ou imprevisto, são ou enfermo, escorreito ou deficiente ― desde o momento da sua concepção, ou fase unicelular, e em todas as fases da sua existência até à morte natural, e, indo, assim, ao vosso encontro, alcancemos a felicidade eterna. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Ámen.

Coroa Angélica ou Terço de São Miguel Arcanjo*

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

V. Deus vinde em nosso auxílio.
R. Senhor socorrei-nos e salvai-nos.

1. Pela intercessão de S. Miguel e do Coro Celeste dos Serafins, faça-nos o Senhor dignos do fogo da perfeita Caridade. (Pai Nosso e 3 Ave Maria).

2. Pela intercessão de S. Miguel e do Coro Celeste dos Querubins, conceda-nos o Senhor a graça de trilharmos a estrada da perfeição cristã. (Pai Nosso e 3 Ave Maria).

3. Pela intercessão de S. Miguel e do Coro Celeste dos Tronos, conceda-nos o Senhor o espírito da verdadeira humildade. (Pai Nosso e 3 Ave Maria).

4. Pela intercessão de S. Miguel e do Coro Celeste das Dominações, dê-nos o Senhor a graça de podermos dominar os nossos sentidos. (Pai Nosso e 3 Ave Maria).

5. Pela intercessão de S. Miguel e do Coro Celeste das Potestades, guarde-nos o Senhor das traições e tentações do demónio. (Pai Nosso e 3 Ave Maria).

6. Pela intercessão de S. Miguel e do Coro Celeste das Virtudes, conceda-nos o Senhor a graça de não sermos vencidos no combate perigoso das tentações. (Pai Nosso e 3 Ave Maria).

7. Pela intercessão de S. Miguel e do Coro Celeste dos Principados, dê-nos o Senhor o espírito da verdadeira e sincera obediência. (Pai Nosso e 3 Ave Maria).

8. Pela intercessão de S. Miguel e do Coro Celeste dos Arcanjos, conceda-nos o Senhor o dom da perseverança na Fé e boas obras. (Pai Nosso e 3 Ave Maria).

9. Pela intercessão de S. Miguel e do Coro Celeste dos Anjos, conceda-nos o Senhor que estes espíritos bem aventurados nos guardem sempre, principalmente na hora da nossa morte. (Pai Nosso e 3 Ave Maria).

Pai Nosso a S. Miguel
Pai Nosso a S. Gabriel
Pai Nosso a S. Rafael
Pai Nosso ao Anjo da Guarda

Antífona: Glorioso S. Miguel Arcanjo, o primeiro entre todos os Anjos, vencedor do demónio e defensor das almas, vós que estais junto da glória de Deus e depois de Nosso Senhor Jesus Cristo sois admirável protector nosso, dotado de sobre-humana excelência e fortaleza, dignai-vos a alcançar-nos de Deus que sejamos livres de toda a espécie de mal e ajudai-nos a sermos fiéis em cada dia no serviço do nosso Deus.

V. Rogai por nós, ó bem-aventurado S. Miguel, príncipe da Igreja de Jesus Cristo.
R. Para que sejamos dignos das promessas do mesmo Senhor. Ámen.

Oração: Omnipotente e sempiterno Deus que, por um prodígio da Vossa bondade e misericórdia, elegestes para príncipe da Vossa Igreja o gloriosíssimo Arcanjo S. Miguel com o fim da comum salvação das almas, nós vos rogamos que nos façais dignos de sermos, por sua benéfica protecção, libertos de todos os nossos inimigos, de sorte que nenhum deles possa molestar-nos na hora da nossa morte, mas antes nos conduza, o mesmo Arcanjo, à presença da Vossa excelsa Majestade. Pelos merecimentos de Jesus Cristo nosso Senhor. Ámen.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória aos Anjos da Guarda das pessoas a quem tenhamos ofendido ou escandalizado.

* Foi ensinada pelo S. Miguel à serva Antónia Astónaco, em Portugal. Foi aprovada por muitos Bispos e até pelo Santo Padre, o Papa Pio IX, que a enriqueceu indulgências, em 8 de Agosto de 1851.

Consagração ao Coração Imaculado de Maria - São Luís Maria

Eu, N., pecador infiel, renovo e ratifico hoje em vossas mãos as promessas do meu Baptismo. Renuncio para sempre a Satanás, às suas pompas e às suas obras, e dou-me inteiramente a Jesus Cristo, Sabedoria Incarnada, para, seguindo-O fielmente, levar com coragem a minha cruz, em todos os dias da vida. E para de futuro ser mais fiel do que tenho sido até hoje, em presença de todos os Santos do céu, eu vos escolho hoje, Maria, por minha Mãe e Senhora. Eu vos consagro, como escravo, o meu corpo e a minha alma, os meus bens interiores e exteriores, e ainda o valor das minhas boas acções, passadas, presentes e futuras, dando-vos pleno direito de dispores totalmente de mim e de tudo o que me pertence, conforme vos aprouver, para a maior glória de Deus, no tempo e na eternidade.

Oração do Abandono – Beato Charles de Foucauld

Meu Pai eu me abandono a Ti faz de mim o que quiseres. O que quer que faças de mim eu Te o agradeço. Estou pronto para tudo aceito tudo, contanto que a Tua Vontade se faça em mim e em tudo o que criaste; nada mais quero, meu Deus. Nas Tuas mãos entrego a minha vida, eu Te a dou, meu Deus com todo o amor do meu coração porque eu Te amo e porque é para mim uma necessidade de amor dar-me, entregar-me sem medida nas Tuas mãos com uma infinita confiança porque Tu és o meu Pai.

Orações de Santo Inácio de Loyola

Alma de Cristo, santificai-me. Corpo de Cristo, salvai-me. Sangue de Cristo, inebriai-me. Água do lado de Cristo, lavai-me. Paixão de Cristo, confortai-me. Ó bom Jesus, ouvi-me. Nas vossas chagas escondei-me. Não permitais que me separe de Vós. Do inimigo maligno defendei-me. Na hora da minha morte chamai-me. E deixai-me ir para Vós, para que Vos louve com os vossos Santos pelos séculos dos séculos. Ámen.

Tomai, Senhor, e recebei toda a minha liberdade, a minha memória, o meu entendimento e toda a minha vontade. Tudo o que tenho e possuo Vós mo deste. A Vós o restituo. Tudo é vosso, disponde de tudo, segundo a vossa inteira vontade. Dai-me apenas o vosso Amor com a vossa Graça, que isso me basta.

Mistérios do Rosário (pdf)

Mistérios Gozosos (Segundas-Feiras e Sábados)

1.º A Anunciação do Senhor
2.º A Visitação de Nossa Senhora a Santa Isabel
3.º O Nascimento do Menino Jesus no Presépio de Belém
4.º A Apresentação do Menino Jesus no Templo e a Purificação de Nossa Senhora
5.º A perca e o encontro do Menino Jesus no Templo entre os Doutores

Mistérios Luminosos (Quintas-Feiras)

1.º O Baptismo de Nosso Senhor no Jordão por João Baptista
2.º A a autorevelação do Senhor nas Bodas de Caná
3.º O anúncio do Reino de Deus e o convite à conversão
4.º A Transfiguração do Senhor
5.º A Última Ceia e a instituição da Eucaristia

Mistérios Dolorosos (Terças-Feiras e Sextas-Feiras)

1.º A Agonia de Nosso Senhor no Jardim das Oliveiras
2.º A Flagelação de Nosso Senhor no Pretório de Pilatos
3.º A coroação de espinhos de Nosso Senhor
4.º Nosso Senhor carrega a Cruz a caminho do Calvário
5.º A Crucifixão e Morte de Nosso Senhor

Mistérios Gloriosos (Domingos e Quartas-Feiras)

1.º A Ressurreição do Senhor
2.º A Ascensão do Senhor
3.º A descida do Espírito Santo sobre Nossa Senhora e os Apóstolos reunidos em oração no Cenáculo
4.º A Assunção de Nossa Senhora ao Céu em corpo e alma
5.º A Coroação de Nossa Senhora como Rainha do Céu e da Terra

As crianças rezam o Rosário com os Pastorinhos


CD 1
CD 2
Track 1 Track 22 Track 1 Track 22
Track 2 Track 23 Track 2 Track 23
Track 3 Track 24 Track 3 Track 24
Track 4 Track 25 Track 4 Track 25
Track 5 Track 26 Track 5 Track 26
Track 6 Track 27 Track 6 Track 27
Track 7 Track 28 Track 7 Track 28
Track 8 Track 29 Track 8 Track 29
Track 9 Track 30 Track 9 Track 30
Track 10 Track 31 Track 10 Track 31
Track 11 Track 32 Track 11 Track 32
Track 12 Track 33 Track 12 Track 33
Track 13 Track 34 Track 13 Track 34
Track 14 Track 35 Track 14 Track 35
Track 15 Track 36 Track 15 Track 36
Track 16 Track 37 Track 16 Track 37
Track 17 Track 38 Track 17 Track 38
Track 18 Track 39 Track 18 Track 39
Track 19   Track 19 Track 40
Track 20   Track 20 Track 41
Track 21   Track 21  

 

Oração de Libertação (pdf) (español) (italiano) (english)

«Livrai-nos do Mal» (Mt 6,13)

O Senhor Jesus na última petição do Pai-Nosso exorta todos os seus discípulos a pedir continuamente ao Pai do Céu a libertação do Mal. Explicando o sentido desta última petição da oração do Senhor o Catecismo da Igreja Católica afirma que «nesta petição, o Mal não é uma abstracção, mas designa uma pessoa, Satanás, o Maligno, o anjo que se opõe a Deus. O “Diabo” (“dia-bolos”) é aquele que “se atravessa” no desígnio de Deus e na sua “obra de salvação” realizada em Cristo» (n. 2851). «Ao pedirmos para sermos libertados do Maligno, pedimos igualmente para sermos livres de todos os males, presentes, passados e futuros, dos quais ele é autor e instigador» (n. 2854). Esta oração de libertação que se segue pede ao nosso Pai do Céu a libertação do Maligno e de todos os males dos quais ele é o autor e instigador. Pode ser rezada pedindo a Deus a libertação do influxo diabólico para si próprio ou intercedendo por uma outra pessoa.

Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.
R. Ámen.

São Miguel arcanjo, defendei-nos neste combate, sede o nosso auxílio contra as maldades e as ciladas do demónio. Instante e humildemente vos pedimos que Deus sobre ele impere, e vós, príncipe da milícia celeste, com esse poder divino precipitai no inferno a satanás e a todos os espíritos malignos que vagueiam pelo mundo para a perdição das almas. Ámen.

Leitura do Livro do Deuteronómio (Dt 18,9-12)

Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te dará, não aprendas a imitar as abominações daquelas nações. Que no teu meio não se encontre alguém que queime seu filho ou sua filha, nem que faça presságio, oráculo, adivinhação ao magia, ou que pratique encantamentos, que interrogue espíritos ou adivinhos, ou ainda que invoque os mortos; pois quem pratica estas coisas é abominável ao Senhor, e é por causa dessas abominações que o Senhor teu Deus as desalojará em teu favor.

Palavra do Senhor.
R. Graças a Deus.

Salmo 105 (106), 34-40

Refrão:Pela Vossa infinita misericórdia, salvai-nos Senhor.

Não exterminaram os povos,
como o Senhor lhe tinha mandado,
mas misturaram-se com os pagãos
e imitaram os seus costumes.

Prestaram culto aos seus ídolos
que foram para eles uma armadilha.
E imolaram seus filhos
e suas filhas aos demónios.

Derramaram sangue inocente
o sangue de seus filhos e filhas,
que imolaram aos ídolos de Canãa,
e o país ficou manchado de sangue.

Contaminaram-se com as suas próprias obras,
prostituíram-se com seus crimes.
Por isso a ira do Senhor se inflamou
contra o seu povo.

Leitura do santo Evangelho segundo são Marcos (Mc 16,15-20):

Naquele tempo, depois de ressuscitar, disse Jesus aos Onze: «Ide por todo o mundo e anunciai a boa nova a toda a criatura. Quem acreditar e for baptizado será salvo, mas quem não acreditar será condenado. E estes serão os sinais que acompanharão aqueles que acreditarem: em meu nome expulsarão demónios, falarão novas línguas, tomarão na mão serpentes e, se beberem qualquer veneno, não lhes fará mal, imporão as mãos aos doentes e estes ficarão curados». O Senhor Jesus, depois de ter falado com eles, subiu ao céu e sentou-se à direita de Deus. Então eles partiram e pregaram por toda a parte, enquanto o Senhor operava juntamente com eles e confirmava a sua palavra com os prodígios que a acompanhavam.

Palavra da salvação.
R. Glória a Vós Senhor.

N. : Renuncias a satanás e a todos os seus anjos?
R. Sim, renuncio.

Renuncias a todas as suas incitações ao pecado e à rebelião contra Deus?
R. Sim, renuncio.

Renuncias a todas as suas seduções: à magia, à feitiçaria, à bruxaria, à astrologia, à adivinhação, à invocação dos mortos, ao espiritismo, à idolatria, aos cultos satânicos, à música satânica, à superstição e a todas as formas de ocultismo?
R. Sim, renuncio.

Crês em Deus, Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra?
R. Sim, creio.

Crês em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor, que nasceu da Virgem Maria, padeceu e foi sepultado, ressuscitou dos mortos, está sentado à direita do Pai e virá de novo para julgar os vivos e o mortos?
R. Sim, creio.

Crês no Espírito Santo, na santa Igreja católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne e na vida eterna?
R. Sim, creio.

Esta é a nossa fé. Esta é a fé da Igreja, que nos gloriamos de professar, em Jesus Cristo, Nosso Senhor.
R. Ámen.

Fiéis aos ensinamentos do Salvador ousamos dizer:

Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome, venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa Vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido e não nos deixeis cair em tentação mas livrai-nos do mal. Livrai-nos de todo mal e de toda a perturbação diabólica, Vós que pela morte e ressurreição de Jesus Cristo, vosso amado Filho, nos libertastes do poder das trevas e da morte e nos transferiste para o vosso Reino de luz e santidade, libertai agora este nosso irmão N. de todo o domínio e ligação com satanás e os seus anjos. Libertai-o de todas as forças do mal, esmagai-as, destrui-as, para que o N. possa ficar bom e viver segundo a vossa santíssima Vontade. Libertai-o de todos os malefícios, das bruxarias, da magia negra, das missas negras, dos feitiços, das maldições, do mau-olhado, dos ritos satânicos, dos cultos satânicos, das consagrações a satanás. Destrui qualquer ligação com satanás e com todas as pessoas ligadas a satanás, vivas ou defuntas. Libertai-o de toda a infestação diabólica, de toda a possessão diabólica, de toda a obsessão diabólica, e de tudo aquilo que é pecado ou consequência do pecado. Destrui todos estes males no inferno para que nunca mais atormentem o N. nem nenhuma outra criatura no mundo. Deus Pai todo-poderoso, peço-Vos, em nome de Jesus Cristo Salvador e pela intercessão da Virgem Imaculada que ordeneis a todos os espíritos imundos, a todas as presenças que atormentam o N., a deixá-lo imediatamente, a deixá-lo definitivamente e a ir para o inferno eterno, encadeados por São Miguel Arcanjo, por São Gabriel, por São Rafael, pelos nossos Anjos da Guarda, esmagados debaixo do calcanhar da Santíssima Virgem Maria nossa Mãe Imaculada. Vós que criastes o homem à vossa imagem e semelhança na santidade e na justiça, e depois do pecado não o abandonastes, antes com sábia providência cuidastes da sua salvação pelo mistério da incarnação, paixão, morte e ressurreição do vosso muito amado Filho, salvai este vosso servo e libertai-o do mal e da escravidão do inimigo; afastai dele o espírito de mentira, soberba, luxúria, avareza, ira, inveja, gula, preguiça e de toda a espécie de maldade. Recebei-o no vosso Reino, abri o seu coração para entender o vosso Evangelho, para que viva sempre como filho da luz, dê testemunho da verdade e pratique obras de caridade segundo os vossos mandamentos. Com o sopro da Vossa boca expulsai, Senhor, os espíritos malignos: ordenai que se retirem porque chegou o vosso Reino. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
R. Ámen.

O Senhor te livre de todo o mal, em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo.
R. Ámen.

Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.

Oração de Cura (pdf)

«Senhor, se quiseres, podes curar-me» (Mt 8,2)

Pai Santo eu Te louvo e Te bendigo pela Tua bondade e pelo Teu amor, peço-Te, em nome de Jesus, Teu muito amado Filho, meu Senhor e Salvador, que mandes sobre mim o Teu Espírito Santo com todos os seus frutos e dons. Santifica, com a Tua presença, o meu corpo e a minha alma. Concede-me fé forte em Ti e na Tua Palavra. Dá-me a graça de Te amar com todo o meu coração e de Te pôr em primeiro lugar na minha vida, renunciando a todos os meus ídolos, vícios, pecados e defeitos. Na Tua infinita misericórdia tem compaixão de mim que sou um pecador e perdoa as minhas culpas. Também eu perdoo de todo o coração a todos aqueles que me ofenderam durante a minha vida (ao N. por me ter ...). Livra-me também de todas as ciladas e ataques do Inimigo. Que ele não tenha nenhum domínio sobre mim. Livra-me das seduções do mundo que me afastam de Ti e da Tua Vontade.Livra-me das fraquezas da carne que me empurram para o pecado. Cura o meu corpo de todas as doenças e a minha mente de toda a ansiedade, tristeza ou perturbação. Sabes bem, que muitas coisas que vivi, desde o dia em que fui concebido no ventre de minha mãe, me marcaram negativamente. Com a graça do Espírito Santo, cura agora Pai Santo, no meu coração todas as feridas que nele encontrares, sobretudo aquelas que surgiram por me ter sentido rejeitado, abandonado, não amado nem compreendido, vítima do ódio, da inveja, da indiferença e da maldade dos homens. Dá-me um coração novo, como o Coração de Jesus, manso, humilde, cheio de alegria, de paz e transbordante de amor. Transforma-me plenamente com o Teu amor. Que eu comece hoje uma vida nova, Te dê glória em tudo o que penso, digo e faço, e, nesta peregrinação para Ti, seja acompanhado e ajudado por Maria, minha querida Mãe, e por todos os Teus Anjos e Santos. Ámen.

Oração por Portugal (pdf)

Senhor Pai santo, confiamos o nosso Portugal à vossa misericórdia e protecção. Vós sois a rocha sobre a qual a nossa nação se fundou. Só Vós sois a fonte da verdade e do amor. Reclamai esta terra para a vossa glória e habitai no meio do vosso povo. Enviai o vosso Espírito e tocai os corações dos líderes da nossa nação. Abri os seus corações ao grande valor da vida humana e às responsabilidades que acompanham a liberdade humana. Relembrai o vosso povo que a verdadeira felicidade está enraizada na procura e no cumprimento da vossa vontade. Por intercessão de Maria Imaculada, Padroeira da nossa terra, concedei-nos a coragem de levar o Evangelho do vosso Filho Jesus a todos aqueles com quem convivemos e de o testemunhar com uma vida santa. Por Cristo Nosso Senhor. Ámen.

 

músicas vídeos ensinamentos artigos folhetos citações orações
Design by Svetainių kūrimas